Monthly Archives: Janeiro 2011

Utilizando APT-GET, WGET e GIT com Proxy no Ubuntu 10.10

Ano novo, ambiente de trabalho novo, problemas novos e o melhor: novas soluções! Sobre esse assunto, vou falar em 2 posts de 2 problemas que tive.

Esse primeiro é sobre o uso do APT-GET, do WGET e do GIT em conexões que fazem o acesso a rede via Proxy (no meu caso, no Ubuntu 10.10).

APT-GET e WGET com Proxy:

Procurei sobre o uso dos dois gerenciadores de pacotes e encontrei diversas soluções via google, a maioria alterava de maneiras diversas algum arquivo de configuração no diretório “etc”. Mas após algumas soluções que não resolveram (ou claramente não resolveriam e eu nem tentei!), encontrei nesse artigo do Guia do Hardware a resolução da questão. O artigo é grande e eu resumo aqui (parte copiado, parte com minhas palavras) a sessão que aborda esse assunto:

– Configurar o APT para usar proxy:

PASSO 1: Crie o arquivo “/etc/apt/apt.conf.d/98proxy”

PASSO 2: Adicione nesse arquivo uma seção “Acquire”, especificando o login e a senha de acesso (se houver autenticação, senão, basta omitir o usuário e a senha), o endereço do servidor e a porta, como no exemplo:

Acquire{
HTTP::proxy “http://usuario:senha@192.168.1.254:3128”;
FTP::proxy “http://usuario:senha@192.168.1.254:3128”;
}

A linha “FTP” é necessária apenas se o arquivo sources.list incluir algum endereço de repositório acessado via FTP, o que é suportado pelo apt, porém raramente usado.

PASSO 3: Salve e feche o arquivo.

PASSO 4: Use o “apt-get update” para que seja checada a configuração (processo feito a cada vez que o APT é iniciado). Não é necessário reiniciar nenhum serviço.

– Configurar o WGET para usar proxy:

PASSO 1: abra o arquivo “/etc/wgetrc”

PASSO 2: adicione a configuração no final do arquivo, seguindo este modelo (se não o proxy precisar de autenticação basta omitir usuário e senha!):

http_proxy = http://usuario:senha@192.168.1.254:3128
ftp_proxy = http://usuario:senha@192.168.1.254:3128
use_proxy = on

PASSO 3: salve e feche o arquivo. Na próxima vez que usar o wget, já estará considerando essas configurações.

– Configurar o GIT para usar proxy:

Também achei várias soluções e fiz tentativas inúteis nesse caso… No final das contas, o artigo que resolveu o meu problema foi esse, encontrado na lista de blogs do Gnome.

O que faço abaixo é uma tradução, com complementos e adaptada livremente do artigo.

OBS: Você precisa ter instalado o netcat (o OpenBSD é um: netcat-openbsd) para poder usar o comando nc com a opção-x.

Em caso de não existir o diretório, crie-o:

$ mkdir ~/bin 

É necessário um wrapper para o proxy:

$ cat <<EOF>> ~/bin/proxy-wrapper
#!/bin/sh
# Coloque seus próprios valores nos campos abaixo:
PROXY_IP=10.0.0.80
PROXY_PORT=22000

nc -x${PROXY_IP}:${PROXY_PORT} -X5 $*

EOF
$ chmod +x ~/bin/proxy-wrapper

Então você tem que ter certeza de ter setado o diretório ~/ bin no seu PATH e em seguida, adicionar a variável env GIT_PROXY_COMMAND. Essa variável será usada pelo git para fazer pushes através do protocolo git ou ssh:

$ cat <<EOF>> ~/.bashrc
export PATH=~/bin:"${PATH}"
export GIT_PROXY_COMMAND=~/bin/proxy-wrapper
EOF

Agora já será possível utilizar o git normalmente, com o proxy!

PS: Para conexões que exigem autenticação, a sintaxe do comando nc é a seguinte:

$ nc -Pusuario -xendereco:porta -X5


Resumo de Atividades em 2010

2010 foi uma ano agitado… Tanto que quase não houveram posts nesse blog! Mas nada de prometer posts e frequência pra 2011! O que vier virá! Espero que seja útil a alguém e isso basta pra mim =).

Vamos a mais um grande resumo…

Resumo de eventos externos:

20-03-2010 – EDTED – Rio de Janeiro

Fomos em um grupo do IFF para o Rio assistir a esse evento, que une design e tecnologia digital! Foram palestras excelentes e muito aprendizado. Para mim, o destaque foi para: “CouchDB” com o Tapajós, “Cloud Computing” com Antonio Pina, “Dicas sobre desenvolvimento Web com Rails” com o Fábio Akita e a mesa redonda no final sobre Gestão e Liderança com os palestrantes que foi muito legal!

EDTED 2010 - Rio

29-05-2010 – Marevix – Vitória

O evento é o Maré de Agilidade e os temas não deixaram mentir, apesar de o conteúdo uma vez ou outra deixar a desejar um pouco, mas nada que invalidasse nenhuma das palestras. Destacando: “Deploy Contínuo: pois integração contínua não basta” com Guilherme Silveira (aliás, o Guilherme e todos que eu j[a vi da Caelum são excelentes tanto em apresentação como em conteúdo!), “Negociação de contratos de projetos agéis” com Paulo Jeveaux também interessante.

Marevix - 2010

21 a 24-07-2010 – FISL 11 – Porto Alegre

Nossa! O que foi o Fórum Internacional de Software Livre esse ano!!! Fomos em um grupão de umas 40 pessoas, pro Sul, delícia de friozinho! E pra aproveitar um evento incrível, sensacional! Foi bom pela viagem, pelos amigos e novos conhecidos, pelos brindes (rs) e pelo evento em si, que teve muita coisa interessante! Os espaços em si, com suas mostras rápidas e bem legais, como a parte de mecânica, os dojos relâmpago, as promoções interessantes e interativas como as do IG. Ruim foi ter perdido o primeiro dia na viagem (looonga, cerca de 36 horas!) Nas palestras, destaque para: Github, Idéias para o Ubuntu, Rails, HTML 5, Minicurso básico de Rails (que foi mesmo básico! Mas legal…), Cloud, Palestras relâmpado do pessoal do Rio de Python, a “Porque eu sou fanático por testes e você é um bundão”, do pessoal do Rio também foi bem legal =), sobre Web Semântica, que é um assunto que me interessa, bem legal também.

Resumo de eventos internos (no IFF Campos):

Posso está sendo injusta ao citar, mas acho que não houveram muitos além desses na área de informática do IFF no ano passado… Mas bem, estou falando dos 3 eventos dos quais participei organizando e/ou assistindo, que acrescentaram muito pra mim em conhecimento técnico dos assuntos abordados e aprendizado e crescimento pessoal.

25-05-2010 – 1 PMI Day

Um dia para discutir Gerência de Projetos, não voltados para software, mas voltado para as Engenharias de um modo geral, que teve uma boa repercussão e público, com assuntos tanto introdutórios quanto mais avançados.

09 a 11-11-2010 CITI 2010

Esse evento foi sensacional! 3 dias de minicursos cheios pela manhã, 2 dias de workshops com média de público de 50 pessoas a tarde e com uma mesa redonda interessantíssima de “Qualidade Tradicional x Ágil de Software”, 3 dias de palestras com público médio de nada menos do que 200 pessoas! Muita informação, muita troca de experiências, muitos assuntos interessantes sendo abordados nas 3 áreas da Informática (redes, software e hardware!). Contando com apresentações de pratas da casa e convidados de norte a Sul do País (entre Paraíba, São Paulo, Rio e Rio Grande do Sul). O movimento foi grande pelo meio virtual também, contando com o site (que nesse momento está fora do ar) com stream de vídeo em 2 noites de palestras e um destaque especial para o twitter, onde dá para ter uma idéia boa de como foi o evento. Destaque para minicursos de “Nota Fiscal Eletrônica”, “Ruby On Rails”, “Django”, “Inteligência Artificial” e as palestras: “Arduino – Hardware Livre”, “Segurança em Redes Sem Fio”, “NoSQL”, “Rails”, entre outras! Ainda um comentário importante, de que o evento foi quase todo construído por alunos e egressos da instituição! (Veja as fotos)

CITI 2010, no IFF

12-11-2010 – PythonCampus

PythonCampus é uma caravana de tecnologia que visita as universidades integrando estudantes ao mercado. Este é o evento que mostra que é possível transformar a paixão por tecnologia em uma carreira de sucesso. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. O assunto principal, como não poderia deixar de ser é a linguagem de programação Python. E nessa edição, no IFF, reuniu dezenas de pessoas para discutir a linguagem e os assuntos que a rondam, com uma programação muito interessante. Mas o Rodrigo Manhães em seu blog sobre programação discorreu bastante sobre o evento, então, mais detalhes você pode conferir lá!

Coding Dojos

Em Campos, no IFF, de 24/02 a 30/09 houveram 16 dojos, com códigos, relatos e fotos postados no GitHub do DojoCampos, foi muito legal! Reunindo gente nova e descobrindo talentos! Os relatos podem ser vistos aqui: DojoRio

Esse blog

Esse blog mudou de endereço por uns tempos, indo para um domínio próprio meu e do Tarsis, lá até foram postados mais um ou dois post do que os que temos aqui, mas como ele vai se dedicar a um blog próprio, esse blog permanece aqui no WordPress, com a minha pessoa postando de vez em quando suas experiências e aprendizados!

Novos Rumos

A minha vida está tomando novos rumos, estou em nova cidade, com novo emprego, espero também com isso poder trazer para o blog novos assuntos e assuntos nem tão novos sobre os quais pouco postei (Ruby / Rails são alguns deles!).

Pra fechar como o primeiro post do ano passado: Então, mãos à obra! 2011 promete . . .


%d bloggers like this: