Category Archives: Importância da tecnologia

Como diria o twitter… #horadoplanetafail

Difícil demais a gente se privar de algumas coisas… Luz elétrica é assim.

A gente sente calor,
A gente quer ver alguma idiotice coisa interessante na tv,
A gente precisa do telefone sem fio… Sei lá, em uma hora tanta gente pode querer ligar, e andar para atender o com fio seria um saco!
A gente quer tomar banho.. E ninguém merece banho frio!

É, a energia elétrica faz mesmo uma super falta… Imagina se um dia, não a tivermos mais.
A gente não consegue ficar nem uma hora sem ela, que parece que o mundo vai acabar.

É um bem tão precioso, e tão presente, que as vezes a gente nem se da conta que está ali. E não se dá conta de como seria se não estivesse.

Bem, o que eu fiz na hora do planeta?
Escrevi esse texto.
Na primeira meia hora, na verdade … A bateria do laptop está acabando e com o calor que está aqui eu não quero acender vela.

Mas não era isso que eu queria ter feito.

A minha intenção era aproveitar para conversar com meus pais, ficar com eles sem tv (adoroo isso!) ou ir a um lugar aqui da cidade onde eu sei que as pessoas participam desse movimento,como fizeram no ano passado… (em geral, as pessoas não participam.)

Não rolou.

Estou no meu quarto agora, com muito mas muito calor e com as luzes apagadas. O ar condicionado fora da tomada, o ventilador também. Eu tentei apagar as nossas luzes, mas não deu.

Alguém me perguntou… Vc é retardada?
Eu ri.

A bateria vai acabar.

Me lembrei, de quando eu era pequena. Eu passava duas semanas antes da páscoa sem comer chocolate (claro, eu amo chocolate!) e isso era para ‘sofrer um pouquinho’ e lembrar do sofrimento de Jesus. Diziam meus pais e o pessoal da igreja.

Aí, eu não comia chocolate. E ele me fazia falta. E quando chegava o domingo, eu comia e era tão incrivelmente bom! E alguém me dizia… Jesus ressucitou e toda a humanidade que estava sofrendo ficou feliz e teve esperança! Para mim, era só chocolate.

Mas eles sabiam que era mais. Eles sabiam que aquilo de alguma maneira ia ficar na minha cabeça. Eu ia relacionar o tempo de espera da páscoa com sofrimento e privação. E deu certo.

Acho que tem tudo a ver.

A gente devia aprender a se privar das coisas, a não ter tudo o tempo tudo. Porque é tudo muito passageiro mesmo.
A gente devia aprender a valorizar o que nos faz falta, e usar com mais responsabilidade, para ter sempre.
A gente podia pensar em fazer só um pouquinho, antes de olhar para o vizinho e dizer: ‘eles estão com a luz acesa’, ‘vai falar com o Lula, ou com a Globo, para respeitarem essa tal hora do planeta que eu quero ver!’

Somos acomodados.
É muito mais fácil apontar alguém. E na verdade, nada muda.

Bem, a bateria vai acabar agora.

Vou tomar um banho frio, e esperar dar 21:30h.
Ainda bem! Vou poder ligar o ventilador na potência máxima e postar isso em algum lugar na internet!

Só para lembrar, acredito mesmo que grandes mudanças começam com pequenos gestos. (mas isso é uma conversa entre ‘eu e eu mesmo’).

Anúncios

%d bloggers like this: